quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Quer tentar jejum intermitente para perder peso? Confira as 7 coisas que você precisa saber primeiro



No post de hoje eu venho compartilhar que milhares de pessoas descobriram o sucesso da perda de peso seguindo o modelo do jejum intermitente, mais conhecido como (IF), mas isso não quer dizer que a perda de peso seja 100% garantida. Calma, porque já vou dizer quais são as 7 coisas que todos precisam saber antes de iniciarem com o jejum intermitente.









1. Perda de peso não é o único benefício.

O jejum intermitente tem muitos benefícios para a saúde. Foi demonstrado que (IF) pode proteger contra o diabetes tipo 2, reduzindo a resistência à insulina; melhorar a saúde do coração; proteger contra a doença de Alzheimer, retardar o processo de envelhecimento; reduzir a inflamação; e aumentar a clareza mental.



2. Não há um melhor programa de jejum intermitente.


Não existe uma maneira "única" ou "correta" de fazer jejum intermitente. Na verdade, existem inúmeras técnicas que você pode seguir. Alguns protocolos de jejum incluem jejum em dias alternados, dois dias de jejum (ou redução extrema de calorias) seguidos por cinco dias de refeições regulares, 14 a 16 horas de jejum seguido por uma janela alimentar de 8 a 10 horas, e assim por diante. Quer saber o melhor plano a seguir? 


É o plano que funciona melhor para você. Escolha um programa que funcione melhor com sua agenda, assim como é explicado no código emagrecer de vez pdf do Rodrigo Polesso, por lá ele explica em detalhes como se adequar aos seus hábitos alimentares.



3. A perda de peso não é uma garantia.


Se você acha que o jejum intermitente pode ser uma ótima maneira de perder peso, bem amigo(a), você está certo, vários estudos científicos comprovam isso, incluindo um estudo de 2014 realizado na Universidade de Illinois em Chicago, inclusive ganhou destaque em uma matéria feita pela exame abril, mostraram que o jejum intermitente é tão eficaz quanto as dietas restritivas de calorias. No entanto, só funciona se feito corretamente. 


Ou seja, assim como qualquer outro programa de perda de peso, você precisa seguir certas diretrizes ou regras para fazê-lo funcionar. Seguir as janelas designadas para comer e jejuar é importante, mas o mais importante não é compensar demais as calorias perdidas durante a janela de jejum. Veja abaixo mais informações sobre a sobrecompensação.



4. A sobrecompensação pode ser um grande problema.


O jejum intermitente ajuda na perda de peso porque ajuda a reduzir o consumo diário ou semanal de calorias. Mas se você começar a compensar excessivamente as calorias perdidas consumindo mais alimentos durante o resto do dia ou nos dias / horas que não sejam de jejum, poderá sabotar qualquer esperança de perda de peso. 


Se você mantiver refeições regulares e lanches saudáveis ​​durante a sua janela de comer e não compensar por se devorar após o seu jejum, você terá uma melhor chance de ter sucesso na perda de peso.


5. O jejum intermitente não é para todos.


Certas pessoas não devem tentar o jejum intermitente, incluindo mulheres que estão grávidas ou amamentando, crianças ou adolescentes, pessoas com diabetes ou hipotireoidismo, ou que estão abaixo do peso, desnutridas ou têm um distúrbio alimentar. Como acontece com qualquer novo plano de alimentação, sempre pergunte ao seu profissional de saúde antes de iniciar.



6. É incerto se as mulheres devem fazer o jejum intermitente.


Ainda há alguma controvérsia sobre se o jejum intermitente é ou não correto para as mulheres devido ao risco de desequilíbrio hormonal. Embora estudos em ratos tenham mostrado desequilíbrio hormonal e até mesmo infertilidade, o júri ainda está fora dos riscos para as mulheres. Até que evidências mais concretas estejam disponíveis, pode ser melhor começar com um cronograma de jejum intermitente que seja menos extremo. 


Por exemplo, as mulheres devem procurar uma janela de jejum de 13 a 14 horas em vez de uma janela de 15 a 16 horas ou um jejum durante todo o dia. Se você aderir a um programa que exige restrição de calorias em vários dias, seja inteligente e cauteloso não restrinja suas calorias a um nível extremo ou por dias consecutivos.




7. O jejum intermitente não é uma dieta.


O jejum intermitente é uma programação, não uma dieta. Uma dieta típica afirma o que você pode e não pode comer. O jejum intermitente não restringe nenhum alimento, mas fornece um horário ou padrão para comer com janelas de comer ou jejuar, sendo assim é necessário ter uma auto-controle superior ao se comparar com uma simples dieta.


Espero que estás dicas possam ser verdadeiramente úteis no seu dia a dia, se quiser ler mais a respeito visite o post logo abaixo:


Leia mais >> https://www.comercialucrativo.com/codigo-emagrecer-de-vez-pdf/









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aprenda As Técnicas De Trading Esportivo

Provavelmente há uma grande oportunidade de ganhar dinheiro enquanto assiste aos jogos do seu time favorito e até viver somente do futebol...